Ato de Fé

Image

E o mar se abriu em uma cena surreal, enormes paredes de água salgada formaram um caminho reto entre as margens do Mar Vermelho. De um lado a vida escrava e cruel junto aos egípcios, na outra margem, uma vida de liberdade e abundância na terra prometida, no meio, um ato de fé capaz de mudar toda a história da humanidade.

Moisés foi um homem de carne e osso, mas de uma fé de ferro. Ele foi igual a nós em forma e fraqueza, mas foi ungido e escolhido não pela forma que falava, mas pela forma que vivia. Moisés liderou um povo arredio e murmurador pelas areias escaldantes do deserto. Ele viveu em nome do Senhor dos Exércitos, comeu o maná dos céus, dedicou sua vida a obra de Deus Pai, e morreu sem entrar na terra prometida.

Que homem de fé foi Moisés! Não é atoa que foi ele o escolhido para realizar o ato que mudaria a história da humanidade para sempre: Ele levantou seu cajado, e o Mar Vermelho se abriu ao meio.

Quantas vezes não nos deparamos com um Mar Vermelho? De um lado, a vida escrava de vícios e comodidades, de outro, a promessa de liberdade e abundância… E entre tudo isso, um mar de incertezas.

Deus dentro de sua grandiosidade e benevolência poderia ter aberto o mar de qualquer forma, ele é Deus, ele tudo pode. Mas ele esperou pelo ato de fé de Moisés. Ele aguardou a confirmação de sua confiança, e em frente a milhares de Hebreus, Moisés ergueu o seu cajado como um símbolo de fé: Sou Teu servo, Te obedeço e aceito Tua vontade.

E o mar se abriu. A vida se abriu, como um grande sorriso de boas vindas, como uma criança que sorri com bochechas rosadas por um presente, ou como o sol quente que rasga a serração da manhã e aquece nosso corpo ou como o abraço apertado de quem se ama.

A incerteza deu lugar à certeza, o horizonte se transformou, já não era mais o fim… E sim o começo, um novo começo que fora concebido por um ato simples, mas com uma fé tão grandiosa que fez Deus ordenar de seu trono de Glória a mudança do mundo. O impossível se fez possível pela misericórdia de Deus.

Hoje, diferente daquele tempo, não usamos cajados, mas se nossa fé for igual a de Moisés e erguermos nossa voz e nossos corações, Deus estará pronto para romper as dúvidas de nossas vidas. Creia, e o mar se abrirá no meio, sua passagem será segura até a terra prometida.

Pare de orar por um barco ou por um porto seguro. É chegada a hora de um mar aberto, sem dor ou incertezas. Os Hebreus pisaram em terra firme e santa, você também poderá viver essa experiência. Você também poderá viver um milagre.

Tenha bom ânimo. Deus reconhece seus filhos não por seus discursos, mas por suas atitudes. Ore, Deus não te quer no deserto, é tua a terra prometida, mas você deverá atravessar o Mar Vermelho, então ore com seu coração, pois palavras não te salvarão mas sim, o levantar do teu cajado.  Creia, porque Deus crê em você.

Que Nosso Senhor permita que estas palavras toquem o teu coração,
que a maré se acalme, e que haja terra seca e firme debaixo dos teus pés.

Um grande abraço.

Não Morda a Maçã
Anúncios

Como Vencer a Carne!

Carne x Espírito. Desejos x Cruz. Egoísmo x Renúncia.


Todos os dias travamos uma batalha contra nós mesmos. Muitas vezes, fazemos o mal que não queremos, e não fazemos o bem que queremos (Rom. 7:19). E Jesus falou diversas vezes que o caminho é estreito, e que é difícil entrar no Reino de Deus!

Mas por que temos que vencer a carne? Por que não podemos desfrutar dos prazeres deste mundo?

“Quem é dominado pela carne não pode agradar a Deus,” (Rom. 8:8) e “se vocês viverem de acordo com a carne, morrerão; mas, se pelo Espírito fizerem morrer os atos do corpo, viverão” (Rom. 8:13). Ou você vive para crucificar seus desejos – imoralidade sexual, impureza, egoísmo, inveja – ou você não herdará o Reino de Deus.

Não se engane – se você está vivendo uma vida em que seus desejos imorais não são crucificados dia após dia, você não herdará o Reino de Deus. Parece impossível? Para nós, realmente é. Mas para Deus não há nada impossível. É fato que nós pecamos todos os dias, mas isso é diferente de estar em pecado.

Qual a diferença entre pecar e estar em pecado?

Leia Romanos 6. É muito bom para explicar essa diferença.

Em resumo, estar em pecado é ser escravo do desejo.

Estar em Cristo (ou aceitar a Cristo) é morrer para o pecado.

Você vai continuar tendo pecados, mas esse não vai ser o seu estilo de vida, e o pecado não mais te dominará.

“Portanto, não permitam que o pecado continue dominando os seus corpos mortais, fazendo que vocês obedeçam aos seus desejos.” (Rom. 6:12)

Jesus respondeu: “Digo-lhes a verdade: Todo aquele que vive pecando é escravo do pecado. (João 8:34)

E agora vem a grande pergunta. Se fosse fácil não precisaria escrever sobre isso. Mas espero que estas dicas te ajudem na luta contra o pecado.

Como vencer a carne? 

Em seu livro “Uma Vida Cheia do Espírito”, Charles Finney escreveu um capítulo Como Vencer o Pecado. Seus principais pontos são:

1. O pecado não é um movimento muscular ou um desejo involuntário. É um ato ou estado voluntário da mente.

Muitas vezes me iludi, falando pra mim mesmo, ‘minha carne é fraca, e incontrolável.’ Será? A Bíblia fala que o pecado não nos dominará, porque não estamos debaixo da lei, mas debaixo da graça. (Rom. 6:14) Isso significa que você pode até pecar, mas como você está debaixo da graça de Deus, você não vai se submeter à escravidão do pecado.

Sendo mais claro – se você, jovem, olhar para uma mulher com malícia, você está pecando. Mas você pode parar de olhar e falar pra Deus ‘me dá forças, pois não quero fazer isso.’ E então você para de olhar. E quando passa uma outra mulher, você não olha. Você não é um escravo desse desejo. Você é livre para não olhar.

E se você, moça, falar mal de sua colega por trás, com maldade em seu coração, você está pecando. Mas se você resolver parar de praticar a fofoca, se decidir não falar mal e odiar a ninguém, você está se libertando. Você não precisa estar na rodinha em que todas falam besteiras. Você é livre para não falar mal.

O pecado é voluntário. Só é escravo do pecado quem quer.

2. Todos os esforços dessa natureza para vencer o pecado são inúteis, e ainda em desacordo com a Bíblia

Você nunca vai vencer a carne se esforçando. É impossível ser santo sem depender do Espírito Santo. É impossível ser salvo sem confessar a morte e ressureição de Cristo.

Um exemplo – desde minha adolescência tinha a tendência de ser perfeccionista. Fazia o meu melhor possível nos estudos, no trabalho e na vida em geral. E quando caia em pecado, sempre me frustrava comigo mesmo, e não me perdoava. Tentava ser uma “pessoa melhor”. Não conhecia a plena graça de Deus, e me esforçava muito para ser um filho bom, e tinha muito medo em desagradar a Deus. Um dia, estava orando com um grupo de amigos, e senti Deus falando “você precisa se perdoar”. Eu não achei que fazia sentido nenhum, mas depois entendi. A graça de Deus é o que nos salva, não o fato de sermos perfeitos. Meus esforços para ser perfeito não faziam sentido. Jesus havia dado tudo por mim e o que eu precisava fazer era depender dele. Assim, descobri que poder de Jesus é maior até do que o peso do pecado.

3.  Nada, senão a vida e energia do Espírito de Cristo dentro de nós, pode salvar-nos do pecado

Leia essa passagem, que é demais:

Por isso digo: vivam pelo Espírito, e de modo nenhum satisfarão os desejos da carne. Pois a carne deseja o que é contrário ao Espírito; e o Espírito, o que é contrário à carne. Eles estão em conflito um com o outro, de modo que vocês não fazem o que desejam. Mas, se vocês são guiados pelo Espírito, não estão debaixo da lei. Ora, as obras da carne são manifestas: imoralidade sexual, impureza e libertinagem; idolatria e feitiçaria; ódio, discórdia, ciúmes, ira, egoísmo, dissensões, facções e inveja; embriaguez, orgias e coisas semelhantes. Eu os advirto, como antes já os adverti, que os que praticam essas coisas não herdarão o Reino de Deus. Mas o fruto do Espírito é amor, alegria, paz, paciência, amabilidade, bondade, fidelidade, mansidão e domínio próprio. Contra essas coisas não há lei. Os que pertencem a Cristo Jesus crucificaram a carne, com as suas paixões e os seus desejos. Gálatas 5:16-24

Conclusão

Como vencer a carne? 

Pertença a Jesus, tome sua cruz, e você vencerá.

NMM

A Importância dos Pais na vida dos Filhos

Estamos vivendo num mundo avançado em tecnologia, a era dos computadores, dos vídeos-game invadiram nossas casas e afetaram nossas famílias.

Família: constituída por Deus para ser referência da sua glória.  Quando Deus fez o homem e a mulher, colocou neles a sua essência divina, o seu caráter, o seu amor.  Tudo o que Deus era, estava no homem até que este decidiu tomar decisões sem consultar a Deus e fazer as coisas á sua maneira.  Resultado de tudo isso, um lar destruído, cheio de mentiras e acusações, de onde nasceram filhos rebeldes, assassinos, vingativos, etc.

Deus tem padrões estabelecidos para a família

O homem (Marido) deve conhecer e ocupar sua posição deixada pelo Senhor, de ser um sacerdote do lar.  A função do esposo como sacerdote é cuidar de sua família espiritualmente, dando à sua esposa e aos filhos uma direção espiritual, uma cobertura espiritual.  Sua função é de ordenar em sua casa um lar cristão.  Embora muitos homens desconhecem este papel, até aqueles que estão nas igrejas, portanto, o resultado disso são  famílias sem direção espiritual, desordenadas.

A mulher por sua vez, também tem um papel muito importante no lar.  Não é apenas aquela que “pilota” o fogão, que lava e passa as roupas, mas de acordo ao padrão de Deus, ela é ajudadora e idônea, é uma com seu marido.  Tem o mesmo poder de decisão que o marido e a mesma autoridade, porque os dois são UM apenas com funções diferentes.

Infelizmente o mundo tem estabelecido padrões diferentes do que a Palavra de Deus nos ensina, e, portanto, o que temos visto é família destruída, casais que separam egoisticamente, porque não pensam nos filhos e sim na própria felicidade.  O álcool invadindo os lares, as drogas, o adultério, a mentira e tantas outras coisas desagradáveis que entraram nos lares.  Esta é a realidade de nossos dias!

Talvez você diga: – Mas o que isso tem a ver com Pais e filhos?

Uma família sem estrutura faz filhos desestruturados;
Uma família sem o amor de Deus, gera filhos sem o amor de Deus;
Uma família onde o homem não ocupa o seu papel de sacerdote e a esposa de ajudadora e idônea, geram filhos inseguros e sem direção, que facilmente serão moldados pelos princípios que o mundo estabelece.

A presença participativa dos pais na vida dos filhos faz toda a diferença, mas, existem pais que por necessidade precisam estar o tempo todo fora de casa devido ao trabalho, viagens, estudos etc. Só conseguem ver os filhos a noite quando estão dormindo, ou nos finais de semana.  A criança só conhece o papel da mãe, não conhecem a autoridade do pai.  Tanto que casos como este, os filhos tendem a recorrer ao pai, quando a mãe lhe chama a atenção ou lhe aplica uma disciplina, e o pai por sua vez sente-se culpado pela ausência e acaba apoiando o filho e tirando a autoridade da mãe.

Além do que, as crianças crescem muito rápido, e os pais acabam por perder o melhor da vida dos filhos.  Neste caso, os pais perdem completamente a autoridade sobre os filhos, s os filhos não possuem princípios cristãos bíblicos, pela ausência dos pais.

E filhos de pais separados?  

Esta é uma triste realidade, onde muitas crianças hoje estão sem o pai ou sem a mãe. Possuem duas famílias, vários outros irmãos, mas é crianças sem nenhuma estrutura familiar, o que prejudica o futuro desta criança, pois, na proporção que crescem elas tem uma visão falha do que é ser família.

Numa separação, os filhos são os mais prejudicados, pois eles amam o pai e a mãe, independentes de como eles são defendendo com unhas e dentes os dois.  Mas infelizmente, o tempo vai passando, e o amor pelos pais acaba e vai perdendo a força.  Não deixam de amar, mas já não é mais a mesma coisa.  Se há alguém aqui que é filho de pais separados, com certeza você vai poder confirmar isso.  Geralmente há um apego maior por aquele que ficou mais tempo junto.  Os filhos crescem com uma visão distorcida do que é ser família. Quando muito pequenos acabam crescendo como a separação sendo algo normal.  E que se eles se casarem e não der certo poderão fazer o mesmo: separar-se como fizeram seus pais.  No caso de filhos muito pequenos, algumas vezes passam pela vida deles, vários pais ou várias mães, até que seja formada uma nova família.  Nós não entendemos a dimensão que isso tem na mente de uma criança, mas o diabo sim sabe muito bem, pois faz parte do seu plano destruir as famílias. Mas a raiz de tudo isso é a falta de Deus.

Meu lar está destruído, o que fazer?

Amados, Nós sabemos pela Palavra de Deus, que o diabo veio para roubar, matar e destruir, e por milhares de anos ele tem trabalhado incansavelmente nesta tarefa, e tem alcançado um número assustador destruindo lares e pessoas.

Mas Jesus disse: Eu vim para que tenham vida e a tenham em abundância (João 10.10). Esta vida em abundância é uma vida plena, completa, exatamente como Deus planejou no princípio.  O plano de Deus para a família sempre foi perfeito.  “O homem deixará seu pai e sua mãe e se unirá a sua mulher e será os dois uma só carne”.  O papel do homem seria o de ser sacerdote, aquele que ama, cuida e instrui a família na presença de Deus e o da mulher de ser uma auxiliar, ajudadora e idônea ao lado do seu marido, e os filhos por sua vez, serem benção na vida dos pais.

Às vezes nós queremos educar nossos filhos, implantar atitudes corretas, condutas que nós não temos.  Que os filhos sejam obedientes quando nós não somos.  Por exemplo: Um pai que fuma, vive dizendo para o filho que não deve fumar, pois é prejudicial à saúde, mas as palavras não têm valor diante da atitude deste pai que fala, mas não pratica.

O que fazer?
Será que há uma solução?
Será que não é tarde para tentar mudar tudo isso e ser uma família abençoada?

Sim, há uma solução e esta solução está em JESUS.  Tudo o que precisamos está em Jesus, e quando falamos que tudo o que precisamos está em Jesus, não significa apenas que quando eu tenha uma necessidade, eu corra aos pés de Deus, e Ele automaticamente tem que me abençoar. Não!  Ele abençoa e quer abençoar, quer transformar, foi pra isso que Jesus morreu na cruz, pagando nossa dívida de pecados, e nos dando o direito da vida abundante aqui na terra e eterna no céu.

Atitudes simples como esta: CRER que Deus é suficiente para transformar tua vida, e da tua família, e a atitude de CRER E RECEBER a Cristo em sua vida fará toda a diferença.

Talvez você diga: mas eu creio em Deus!  Qualquer pessoa pode dizer isso.  Mas não consiste apenas em crer somente e sim entregar-se a Ele completamente para que Ele seja quem vai cuidar e mudar a tua vida.  E Junto a esta atitude de fé, outras atitudes no seu dia a dia em sua casa, com sua família, com seu esposo, esposa e filhos, você verá a transformação completa da sua casa.

Um simples bom dia ao amanhecer soa tão bem ao ouvido dos filhos, ao contrário de acordar os filhos com gritos e ponta pés, um sorriso, um bom dia, um abraço, faz toda a diferença. Um simples desejo de saber o que seus filhos estão aprendendo na escola, olhar os cadernos, elogiar seus trabalhos, participar da vida deles, fará uma enorme diferença.

Ao contrário de deixar seu filho diante da TV a manhã inteira, porque não se sentar e contar uma história que contenha vida.  Os desenhos que passam na TV estão destruindo nossas crianças, é só luta, guerra, sangue, demônios, feitiçaria.  A televisão está trazendo a prostituição pra dentro de nossas casas, está infiltrando a feitiçaria nos corações, e tudo com muita sutileza, muito bem disfarçado.  Ensinando não só a criança, mas o adolescente, o jovenzinho a aceitar a homossexualidade e o lesbianismo como algo natural na vida do ser humano.  Nada é pecado, é apenas uma opção de vida, e até certo ponto é uma opção sim, você vai optar pelo certo ou pelo errado, porque só há dois caminhos: um estreito e quase ninguém quer entrar por ele, e outro largo, sem regras, cheio de facilidades, onde o mundo está direcionando nossos filhos, nossa juventude.  Nós precisamos mudar isso em nossas famílias, ou amanhã teremos filhos feiticeiros dentro de nossas casas, homossexuais, cheio de imoralidade.

Poderíamos ficar horas aqui falando sobre a estrutura de uma família, mas apenas leia o texto bíblico da palavra de Deus que está em Mateus 7: 24-25e;26-27 “Todo aquele, pois, que ouve estas minhas palavras e as põe em prática, será comparado a um homem prudente, que edificou a casa sobre a rocha”, desceu a chuva, correram as torrentes, sopraram os ventos, e bateram com ímpeto contra aquela casa; contudo não caiu, porque estava fundada sobre a rocha.  Mas todo aquele que ouve estas minhas palavras, e não as põe em prática, será comparado a um homem insensato, que edificou a sua casa sobre a areia.  E desceu a chuva, correram as torrentes, sopraram os ventos, e bateram com ímpeto contra aquela casa, e ela caiu; e grande foi a sua queda.  HOJE, dê ao Senhor uma oportunidade de entrar em sua vida, e em sua casa e fazer a transformação que você precisa.  Sozinho (a) você não vai conseguir nada, mas o Senhor será a tua força, a tua ajuda, o teu socorro.  Entregue ao Senhor a sua vida, entregue a Ele a sua família, e depois será apenas uma questão de se fortalecer na presença de Deus, de conhecer mais sobre a Palavra que pode mudar todas as outras áreas da tua vida, porque o Senhor tem uma direção para todas as coisas.

Amém.

Que Deus os abençoe!