Reflexão

Deficientes Espirituais…

    Há alguns anos, nas olimpíadas especiais de Seattle nove participantes,todos com deficiência mental, alinharam-se para a largada da corrida dos 100 metros rasos. Ao sinal, todos partiram, não exatamente em disparada, mas com vontade de dar o melhor de si, terminar a corrida e ganhar.

     Um dos garotos, tropeçou no asfalto, caiu e começou a chorar. Os outros oito ouviram o choro. Diminuíram o passo e olharam para trás. Então eles viraram e voltaram. Todos eles. Uma das meninas, com síndrome de down, ajoelhou, deu um beijo no garoto e disse :

    – Pronto, agora vai sarar !

     E todos os nove competidores deram os braços e andaram juntos até a linha de chegada. O estádio inteiro levantou e os aplausos duraram muitos minutos
…. Talvez os atletas fossem deficientes mentais … Mas com certeza, não eram “deficientes espirituais”…

Isso porque, lá no fundo, todos nós sabemos que o que importa nesta vida, mais do que ganhar sozinho, é ajudar os outros a vencer, mesmo que isso signifique diminuir os passos.

Até que ponto vai sua Fé?

 

“O conselho aceitou a opinião de Gamaliel, chamou os apóstolos, mandou espancá-los e então disse a eles que nunca mais falassem do nome de Jesus; finalmente mandou que fossem embora. Os apóstolos deixaram a Sala do Conselho sentindo alegria porque Deus havia achado que eles eram dignos de sofrer ofensas por amor ao nome do Senhor Jesus Cristo. E todos os dias, no templo e na cidade, continuavam a ensinar e pregar que Jesus é o Messias.”Atos 5:40-42


O que os apóstolos passaram é incontestável, honraram o nome de Jesus Cristo até o fim de suas vidas, ensinaram as pessoas que o caminho da salvação vem de Jesus Cristo, e falaram da Boa Nova para milhares de pessoas, fizeram milagres em nome de Jesus, nunca esquecendo do verdadeiro significado do que estavam fazendo. Até hoje temos casos de pessoas que morreram por Jesus, e sofreram por Ele, e mesmo sofrendo, continuam honrando o seu nome.

As vezes penso… O quanto fácil é para nós, nosso país é liberal em questão de religiões e crenças, e ser cristão é “muito fácil”. Você já parou para pensar se tua fé é grande suficiente a fim de não negar a Jesus nunca? Se alguém colocasse uma arma na sua cabeça, e falasse, se você não negar Jesus você vai morrer, você morreria por Ele? Você desistiria de falar da Palavra de Deus, se fosse espancado por isso? O nosso problema, é que estamos muito envolvidos e presos com esse mundo, alguns cristãos não querem deixar ele, ao ponto de negarem Jesus. Mas nunca devemos esquecer que o que estamos vivendo é uma preparação para podermos estar no Reino dos Céus.

Devemos carregar a cruz, e não correr contra ela, não podemos nos esquecer nunca que Ele olha por nós, e se acontecer tal ocasião, você estará preparado para estar ao lado Dele. Esse post serve para mostrar o como é pequena está nossa fé hoje, e também para refletirmos um pouco:

O que nós faríamos com uma arma na cabeça? Você negaria o seu Salvador, ou ficaria com esse peso na consciência para o resto de sua vida?

Pense nisso!